Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

A versão da "esquerda moderna e socretina" do milagre das rosas

 Diz o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses que estarão actualmente no desemprego cerca de 2500 profissionais enquanto 15 mil estão em formação nas diversas escolas de enfermagem existentes no país. O mesmo sindicato fala na necessidade de diminuir o número de vagas no ensino para não agudizar ainda mais o número de desempregados.

 

 

No entanto, em 2004, o Ministério da Saúde, estimava em 21 mil o número de enfermeiros em falta nos hospitais e 12 nos centros de saúde.

Moral da história, a tão diligente reforma do Serviço Nacional de Saúde que a “esquerda moderna e determinada” está a cavalgar ao encerrar hospitais, urgências e serviços e ao não abrir alternativas que sirvam e não se sirvam dos contribuintes, fez um autêntico milagre das rosas em tempo de crise: em vez de pão para satisfazer as necessidades, saíram três papos-secos…enquanto há quatro anos faltavam 33 mil enfermeiros, agora já “sobram” 2500 a que se podem vir a somar mais 15 mil.

Ó mano, isto não é economicismo nem abrir (mais) a porta (daquilo que é um direito “tendencionalmente gratuito”, consagrado pela Constituição) aos interesses das bolsas dos privados. Nós, como dizia  o sr. Almeida Santos, Presidente deste PS a propósito do não referendar o Tratado Europeu, é que não percebemos o bem que esta “esquerda moderna” mais os Melos, nos estão a fazer…

Só espero que os de polé que o SNS tem levado, tenham o efeito de preservar a memória dos eleitores até 2009. Porque, como dizia o inenarrável ministro Mário Lino: maioria absoluta, jamais.

 

 

publicado por João de Mello Alvim às 10:44

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A Julinha lá foi.

. Não sr. Primeiro Ministro...

. Mas isto que interessa ao...

. Lembras-te do Vital de Co...

. A versão da "esquerda mod...

. O crime não compensa?

. O que o sr. Almeida vê ao...

. As castas

. Vale tudo para impor resp...

. Entre o hospital e a casa...

.arquivos

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Maio 2007

. Junho 2006

. Setembro 2005

. Junho 2005

. Abril 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds