Sábado, 10 de Julho de 2004

Que vertigem, mano

O Presidente, que é de todos os portugueses mas nunca o senti como meu, é demasiado chato e irritado, reconduziu a maioria , como fosse esse o pulsar do país: com todo o respeito mano, este é pior Presidente, poruqe esconde os medos atrás dos formalismos e das irritações, que tivemos depois do glorioso 25.
Desde a semana passa, tens contigo a Sofia e nós só a pudemos ler.
O José Augusto Seabra, já o viste também? E agora fosse a nossa Pintassilgo. Sempre faladora e bem-disposta, a última coisa que disse para as câmrasa - tinha sido ouvida pelo Presidente antes de ele reconduzir a maioria que nos entristece -,disse, mais ou menos isto, para as câmras, a maioria já desligadas:"Vem para aqui (referia-se aos outros chamados pelo Presidente que está em Belém,e dizem-vos que não podem falar. Não podem far porquê, eu falo! E soltou uma gargalhada, desatando outras aos jornalistas. Foi a última frase que ficou registada dela.
publicado por João de Mello Alvim às 23:47

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A Julinha lá foi.

. Não sr. Primeiro Ministro...

. Mas isto que interessa ao...

. Lembras-te do Vital de Co...

. A versão da "esquerda mod...

. O crime não compensa?

. O que o sr. Almeida vê ao...

. As castas

. Vale tudo para impor resp...

. Entre o hospital e a casa...

.arquivos

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Maio 2007

. Junho 2006

. Setembro 2005

. Junho 2005

. Abril 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds